Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

saracasticamente

Médium mas pouco

Gosto de lixo televisivo. Gosto de perder tempo em frente a um ecrã de televisão a ver programas da treta. O TLC é o meu canal de eleição quando sinto carência de coisas parvas na minha vida.

Um dos brilhantes programa que passa neste canal é sobre uma médium que adivinha coisas e fala com mortos. Vi apenas um único episódio da série, a minha inteligência não permitiu mais, mas o que vi chegou para concluir que a mulher é uma farsa. No episódio a que assisti, uma mulher procura-a para saber o que acha o falecido namorado da nova relação dela. A médium responde que o namorado está muito feliz e que aprova que ela esteja num novo relacionamento bem como a pessoa com quem ela está envolvida. Tretas! A começar pelo morto estar feliz... Mas ok, a vida com a namorada podia ser tal inferno que ele até esteja melhor onde está. Mas aprovar o relacionamento e o tipo com quem ela anda?! Homem que é homem pensaria "Badalhoca! Ainda os bichinhos não me chegaram ao esqueleto e tu já andas enrolada com outro." E quanto ao novo tipo, o pensamento seria algo como " Esse paspalho nunca vai ser tão bom quanto eu." Note-se que provavelmente os adjectivos badalhoca e paspalho seriam substituídos por outros menos elegantes.

Não obstante eu ter percebido a farsa da senhora logo neste primeiro momento, prossegui com a visualização do episódio. Na segunda parte os filhos falam de como é ter uma mãe médium. A filha reclama que ela a envergonha à frente dos amigos com as previsões que faz para eles, e a mãe defende-se dizendo que ela não se importa que ela seja vidente quando lhe liga a perguntar onde estão coisas que perdeu. Isto é ser vidente? Quando eu era adolescente levava amigos a casa e a minha mãe dizia "Hum... Não gosto desta miúda. Não é a amiga que tu pensas ser." E acertava!! E sempre foi a minha mãe que encontrou as coisas que eu não sabia onde tinha deixado. Melhor ainda, ela fazia uma coisa extraordinária que era encontrar algo num armário que eu já tinha confirmado três vezes que lá não estava! Isto sim é uma coisa do demo! E nunca andou por aí a gabar-se disso, nem tem um programa de televisão.

Findo o programa fica a dúvida, será que lhe chamam de médium pelas suas capacidades de adivinhação ou pela sua estatura?

2 comentários

Comentar post