Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

saracasticamente

Noite de São João

Esta semana já tivemos o dia mais longo do ano, hoje vamos ter a noite mais longa do ano.

É verdade, hoje é martelar a noite toda até de manhãzinha.

 

Este ano temos de martelar ainda mais do que nos outros anos uma vez que não podemos lançar balões.

 

Não percebi muito bem porquê. Qualquer coisa relacionado com as dezenas de incêndios que os balões de São João provocam todos os anos e o facto dos familiares das vítimas dos incêndios sofrerem menos com as suas perdas se não lançarmos balões... Algo assim do género.

 

Como não posso lançar balões tenho de arranjar alternativas para me entreter.

Pensei em fiscalizar a vizinhança para ver quem lança os sacaninhas dos balões à socapa e denunciá-los à polícia. "Estou sim, senhor guarda, olhe que o meu vizinho do 4° frente está com ele na mão. Ele está a inchar, a inchar... está a levantar, já está a levantar... E já está. Já se foi. O meu vizinho acabou de lançar um balão."

Pensei nisto, juro que pensei.

 

Mas em vez disso vou fazer outra coisa.

Vou andar a verificar os restos de comida que a malta deixa nos pratos.

Ah pois é! Deixar restos de comida nos pratos? Com tanta gente que morre diariamente à fome? Não se admite! É uma falta de respeito para com as pessoas. Ainda há 2 minutos uma criança morreu à fome e vocês já estão a deixar meia batata na beira do prato só porque vos engorda a barriga da perna? Era o que faltava! Não pode ser meus amigos. Este ano vão comer tudo. Vão comer a sardinhinha toda, rabo incluído e ainda vão chupar a cabeça. 

 

Bom São João, a quem o for celebrar, e um bom dia como outro qualquer para os restantes. 

21 comentários

Comentar post