Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

saracasticamente

O lado G da vida #3

A Sara salvou-me uma relação! Sim, as próprias palavras juntas na mesma frase parecem fazer parte de uma piada de muito mau gosto… “Sara + salvar + relacionamento”, não! É incrível mas é verídico!

 

Senão vejamos…

 

Estava neste relacionamento há quase 1 ano, se bem me recordo. Foi amor à primeira vista. Mal lhe coloquei os olhos, senti que ele tinha de fazer parte da minha vida! Mas a conquista não foi fácil! Dias a seduzir, algumas noites a pensar nele, precisei de alguma coragem para a primeira abordagem. E aconteceu! Sinceramente não é comum as coisas correrem tão bem logo num primeiro impacto. Há uma série de coisas que podem correr mal, que até devem correr mal, porque caso contrário, corremos o risco de ficar irremediavelmente apaixonados, e eu, não sou uma pessoa muito dada a sentimentalismos. A forma como ele me tocava, como o meu corpo reagia ao contacto era verdadeiramente mágico…

 

Até que, um dia, há uns meses atrás, apareceu alguém. Não foi esperado, nem propriamente desejado, simplesmente, aconteceu… E eu, não consegui manter o primeiro amor que vos falei separado deste novo. Fiz aquilo que me parecia correto e partilhava a casa com ambos, por vezes até nas saídas, íamos os 3, e eu sentia-me bem.

 

Na semana passada, esta nova relação acabou. Não vale a pena entrar em detalhes, porque o mais grave, é que a minha verdadeira paixão ficou na casa dele…e eu temi, nunca mais estar junto do meu precioso par de calças. Não me lembrei que o tinha deixado em casa do falecido, e assim, corria o risco de ficar eternamente infeliz.

 

Aqui é que entra a Sara. Pedi-lhe ajuda, precisei que do alto do seu coração granítico, me desse uma mãozinha para reatar o contacto com o “coiso” com vista a recuperar as calças e assim foi! Bastaram 2 mensagens!

 

Domingo vou buscá-las, e posso, finalmente, reunir-me com cada milímetro de ganga azul acizentado delas…

 

É assim, o lado G. da vida,

B.

5 comentários

Comentar post