Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

saracasticamente

O momento em que o meu pai descobre que não sou uma galdéria

Estou eu a partilhar os meus planos de sexta à tarde, que incluíam uma ida ao cabeleireiro, com a família quando o meu pai intervém:

 

Pai: Não sei para que vais ao cabeleireiro... eles aparecem de calções.

Eu: O quê?

Pai: Então eles não aparecem de calções?

Eu: Eles quem?

Pai: Tu é que dizes...

Eu: Eu digo? No blog? (pergunto eu enquanto o tico e o teco sintonizam) 

Pai: Sim.

Eu: Esse post foi o B que escreveu! Ele é que escreve a rubrica de sexta.

Pai: Aaaahhh é o B... (suspirando de alívio)

 

E foi neste momento que o meu pai percebeu que todas as badalhoquices que são escritas à sexta no meu blog, na rubrica o Lado G da vida, não são da minha autoria. Depois disto revi todos os post da rubrica e assumo que deve ser muito mau para um pai achar que a filha escreve aquilo! Pai sofre... 

4 comentários

Comentar post