Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

saracasticamente

Há uma idade para tudo (dizem...)

Vocês não sabem (a não ser que me sigam no instagram) mas no verão eu pintei o cabelo de cor-de-rosa. Não aquele rosa à Cláudia Pascoal, algo mais discreto. 

 

Dias depois estava na piscina e diz-me uma senhora:

- Ai a menina pintou o cabelo de cor-de-rosa... Está tão gira! Isto realmente, aos 20 fica-nos tudo bem.

- Sim, aos 20 sim. Agora àquelas trintonas... - respondo-lhe eu.

- Uuuiiii!! Isso não! Há uma idade para tudo. 

 

Eu não disse a minha idade à senhora, achei que desfazer-lhe esse mito seria como dizer a uma criança que o Pai Natal não existe.

Ainda me lembro do desgosto... Desde que me disseram que o velhinho de barbas não existe que não encontrei mais nenhuma razão para me portar bem! E vocês sabem bem o resultado disso...

Por isso não quis desolar a senhora. Não sei como ela ia lidar com a notícia e não quis correr o risco de a ver de cabelo azul na semana seguinte!

18 comentários

Comentar post