Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

saracasticamente

Os ex-namorados deviam aprender a mandar mensagens

Percebemos que as nossas expectativas são realmente baixas (pode-se até mesmo dizer que rasas) quando aterramos num aeroporto, após uma viagem de três horas, ligamos o telemóvel, e ao receber a notificação de uma mensagem assumimos automaticamente que seria a Vodafone a informar os tarifários aplicados ao país de destino.

Podia esperar que fosse a família ou os amigos a perguntar como tinha corrido a viagem e a desejar umas boas férias, mas aprendi que não contar com os outros diminui significativamente os meus níveis de desilusão.

 

Ao abrir a mensagem constatei que não era da Vodafone, mas sim do meu ex. Ok.... Se mandou mensagem é porque está vivo...

O que me estava mesmo a preocupar era a ausência da SMS da operadora... Minutos depois lá estava ela: "Vodafone: Os min/sms/mms efectuados são taxados de acordo com o seu tarifário para outras redes nacionais e os recebidos são gratuitos. Nos dados móveis aplicam-se as condições do seu tarifário em Portugal. + info ligue grátis +351911691000. Emergência grátis 112".

 

Isto sim, é uma mensagem como deve ser. É uma mensagem explícita, que demonstra claramente qual a intenção da mesma, que nos faz saber exactamente com o que podemos contar e ainda fornece um número que podemos contactar para obter mais informações sem qualquer tipo de cobrança. Reparem que até um número de emergência é fornecido, o que pode sempre dar jeito.

Isto sim, é uma mensagem! Os ex têm muito a aprender com a Vodafone... 

26 comentários

Comentar post